O Paradoxo Existencial

Ouroboros | O Paradoxo Existencial
A existência se identifica na forma da serpente que devora a própria cauda, a consequência de se existir é se devorar, esse devorar = viver.
A autodestruição é um consequência existencial, para viver você precisa experimentar o que a vida tem a lhe oferecer, e as vezes o que a vida lhe oferece, são coisas que te destroem, mas nem por isso você não vive, vive sim, vive muito, viver não é uma questão temporal, como afirmei acima, viver está interligado a se devorar = experimentar algo que te destrua para sentir a vida de fato.


Eterno Retorno

Autor: Natan Ribeiro.

Este é o meu 5th post mais antigo